Home Onde Dormir Onde Comer Onde Comprar Serviços Planear viagem Fátima Conhecer a Região Diário de Bordo Agenda

Batalha

Mosteiro da Batalha

O Mosteiro da Batalha foi prometido pelo rei D. João I, Mestre de Avis, à Virgem Maria, em 1385: se Portugal ganhasse a Batalha de Aljubarrota, contra os castelhanos, ali erguer-se-ia um mosteiro.

As obras de construção do Mosteiro prolongaram-se por quase 200 anos, neste período, sete reis governaram em Portugal. O Mestre de Avis doou o Mosteiro à Ordem de São Domingos. O Mosteiro esteve na posse dos dominicanos até à extinção das ordens religiosas em 1834, passando para o domínio do Estado.

O Mosteiro da Batalha era visto como um sinal de mudança, era diferente de todas as obras feitas até à data, afirmando-se como um projeto de legitimação da nova dinastia - a dinastia de Avis.

No Mosteiro da Batalha visite: A Porta Principal, a Capela do Fundador, a Igreja, os Vitrais, a Casa do Capítulo e as Capelas Imperfeitas.

GPS
39°39'32.97"N
8°49'31.94"W


OUTROS PONTOS DE INTERESSE

Ponte da Boutaca

A Ponte da Boutaca é a única no país que mantém as casas do portageiro, usadas para cobrar a passagem, nos tempos antigos. Localizada sobre a Ribeira de Calvaria, nas imediações do Mosteiro da Batalha, esta ponte fazia parte da antiga Estrada Real que ligava Lisboa ao Porto.

A ponte foi mandada construir em 1862, pelo rei D. Luís, e está assente sobre seis arcos quebrados, intercalados por contrafortes. 

GPS
39°39'29.21"N
8°49'51.27"W

Museu da Comunidade Concelhia da Batalha

Este Museu assume-se como um centro de cultura, onde estão reunidas as funções de investigação, conservação e valorização de um património cultural. O Museu da Comunidade Concelhia da Batalha pretende representar o modo de vida da população local, retratando a vida daquele local, desde as origens geológicas, paleontológicas e arqueológicas.

GPS
39°39'27.75"N
8°49'29.90"W

Santuário de Nossa Senhora do Fetal

Segundo a tradição, no séc. XVII, ocorreram vários prodígios e graças, tendo sido edificada uma capela, após a aparição de Nossa Senhora a uma pastorinha. Afluem numerosos devotos, principalmente na Quaresma, a cantar o terço do Rosário.

GPS
39°38'11.89"N
8°45'46.23"W